Ainda não é associado?
Conheça as vantagens
e associe-se

Notícias

08/10/2020 - Dia Mundial da Visão e a conscientização da saúde dos olhos

Nesta quinta, 8 de outubro, comemora-se o Dia Mundial da Visão, um evento global que pretende chamar a atenção para a cegueira e a deficiência visual - e especialmente como evitá-las. No mundo, 246 milhões de pessoas têm baixa visão enquanto 39 milhões são cegas, segundo a Organização Mundial da Saúde. A cada 5 segundos, uma pessoa perde a visão.

No Brasil, mais da metade dos casos de cegueira se devem a falta de diagnóstico e de tratamento adequado. Ou seja, a falta de um acompanhamento regular da saúde dos olhos que pode indicar, por meio de uma série de exames, a existência de outras enfermidades. Por isso, é fundamental conscientizar a população da importância que um simples exame com um profissional médico tem para a saúde dos olhos e de todo o corpo.

Contudo, o crescimento do número de consultas e de receitas realizadas por profissionais não médicos em todo o estado nos últimos anos nos causa preocupação. A consulta com um oftalmologista não serve somente para avaliar o grau do óculos que a pessoa precisa usar. Diversas doenças que podem ser identificadas por meio de exames oftalmológicos - algumas delas podem causar até cegueira irreversível, mas podem ser controladas a partir de um diagnóstico precoce, como glaucoma, retinopatia diabética, catarata e tumores oculares, por exemplo.

Nos últimos anos, a Associação Catarinense de Oftalmologia vem desenvolvendo o programa Saúde dos Olhos, que inclui uma série de ações de conscientização como reuniões e palestras de orientação à comunidade e também ao setor público, com atuação em todas as macrorregiões do estado, além de apoio e acompanhamento de denúncias sobre exercício irregular da medicina.

Mantido pela filiação de mais de uma centena de profissionais, o programa já visitou mais de 90 Secretarias Municipais de Saúde e, há exatamente um ano, lançou e distribuiu mais de 5 mil exemplares da cartilha Saúde dos Olhos, que também está disponível online. O material orienta, esclarece e informa à população catarinense sobre mitos e verdades sobre problemas de visão, como identificar as principais doenças, quais os fatores de risco entre outras informações. Um trabalho que coloca Santa Catarina como referência em prevenção e orientação popular sobre a saúde dos olhos!

Voltar